PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE BIODANZA – Pode a Biodanza ajudar-nos no processo de cura emocional cristalizado?

 

Pode a Biodanza ajudar-nos no processo de cura emocional cristalizado ao nível do corpo há tanto tempo que a mente já tem dificuldade em as identificar? (Teresa)

 


Olá Teresa,

Muito boa a tua questão que agradeço desde já. A resposta é sim! A Biodanza pode ajudar nesse processo. Embora nossa abordagem num grupo regular normal não seja terapêutica, mas sim estimuladora da expressão dos potenciais humanos, inevitavelmente ‘esbarramos’ com muitas questões, relacionadas com a repressão, ou a cristalização de certas emoções reprimidas pelas mais diversas circunstâncias de vida.

A biodanza como processo, como caminho, actua através de determinadas danças, sobre a couraça caracterológica, definida por Wilhelm Reich, favorecendo a sua dissolução. Esta couraça, é o somatório das emoções reprimidas como mecanismos de defesa perante determinadas situações na vida. Essa couraça manifesta-se corporalmente sob a forma de tensão e rigidez muscular, que vai moldando o corpo de forma repressiva, podendo ser definido como a cristalização que referes e sendo corporal, a mente vai processando como próprio o que torna a identificação mais dificil. Em Biodanza, ao dançar, tomamos contacto (sensível, sinestésico, cinestésico, emocional, instintivo, racional) com o corpo e podemos então identificar mais facilmente essas emoções cristalizadas, reprimidas, bloqueadas e por aí vai…

As danças que mais ajudam nesse sentido, são todas as que permitem a dissolução das tensões crónicas, nomeadamente as danças que estimulam a integração dos segmentares (dissolvendo os principais anéis de tensão de que Reich falava): pescoço, ombros, peito e braços, abdomen e pélvis. Também as danças de libertação e expressão do movimento central e periférico ajudam nesse caminho. Por fim, as danças que estimulam o prazer pelo movimento, pela carícia, pelo erotismo, pelo encontro, pelo efeito profundamente relaxante ou estimulante ajudam a dissolver as tensões.

Espero ter ajudado, mas algo que não tenha ficado claro, podes voltar a questionar 🙂

Um abraço forte,

Nuno Pinto


Todas as quintas-feiras, às 20h, Grupo de Integração de Biodanza Nuno Pinto
Local: Rua Rodrigues Sampaio, nº 19ª (metro: Avenida) | Lisboa